Alstom consegue super contrato nos Estados Unidos

20160826_avelialiberty3_800x450A Amtrak anunciou hoje um investimento superior a dois mil milhões de dólares no Northeast Corridor, o principal eixo ferroviário de longo curso da costa Este.

O grosso dos investimentos serão materializados num contrato de dois mil milhões de dólares (1,8 mil milhões de Euros) atribuído à Alstom para fornecer 28 novos comboios para este eixo, que permitirão melhorar as condições de exploração, velocidades mais elevadas e maior capacidade.

O histórico contrato inclui 28 composições Avelia Liberty, capazes de circular a 257 km/h e no futuro a 300 km/h, quando estiverem concluídas intervenções nas infraestruturas que se irão agora iniciar. Estes comboios estarão equipados com pendulação ativa, marcando assim a entrada desta tecnologia nos Estados Unidos da América, permitindo a estes comboios atingir velocidades mais elevadas do que os comboios atuais, particularmente útil para acelerar as relações entre Boston, Washington e Nova Iorque.

20160826_avelialiberty_800x450Estes comboios irão permitir transportar mais 33% de passageiros face aos atuais comboios Acela, eles próprios resultado de uma parceria entre Alstom e Bombardier. São compostos por uma locomotiva e nove carruagens com possibilidade de acrescentar mais três em caso de necessidade.

Além dos comboios, a Alstom fornecerá um stock de peças para manutenção e dará assistência nos depósitos de Boston, Washington e Nova Iorque por um período de 15 anos, com opção para mais 15 anos suplementares.

Os 730 quilómetros do Northeast Corridor têm visto o tráfego aumentar ao longo dos anos, com um aumento acumulado de 50% no número de passageiros transportados entre 2002 e 2014, quando atingiu 3,5 milhões.

Depois de recentes contratos da Siemens no fornecimento de locomotivas elétricas à Amtrak, a companhia voltou a virar-se para fabricantes europeus para prosseguir a evolução no transporte de passageiros.