Acidente mortal no comboio Celta Vigo – Porto

As informações são ainda escassas mas de acordo com os meios de informação galegos o comboio Celta Vigo – Porto desta manhã descarrilou com estrondo na estação do Porriño.

A informação oficial entretanto comunicada pela Renfe é a de que estavam a bordo revisor, maquinista e 63 passageiros. Há pelo menos quatro mortos a registar, entre eles o maquinista, que é português. O descarrilamento aconteceu às 09:25 locais, cerca de 20 minutos depois da saída do comboio de Vigo Guixar.

Este comboio conta habitualmente com maquinista português e a unidade da série 592 será certamente abatida ao serviço, aumentando as dificuldades na frota diesel da CP. A empresa emitiu um comunicado em que fala de 69 passageiros a bordo e informando que Manuel Queiró, o presidente da empresa, vai ao local do acidente.

Pelas imagens no local, o comboio foi encaminhado para uma das vias desviadas da estação apesar de não ter paragem prevista de horário nesta estação. Recorde-se que já houve vários acidentes em Espanha deste género já que o sistema de controlo de velocidade instalado (ASFA) não faz necessariamente o controlo da velocidade em situação de via desviada. Esta será certamente uma das vias da investigação que agora se inicia.

A composição afectada é a 592.056.

Fotografia Telecinco
Fotografia Telecinco

O Portugal Ferroviário envia as condolências às famílias e amigos das vítimas.

Deixe uma resposta

Mostrar botões
Esconder botões

Ao navegar neste site, aceita a utilização de cookies. Mais informação

De modo a melhorar a sua experiência online, este site utiliza cookies. Se continuar a navegar neste site sem alterar as suas definições de aceitação de cookies ou clicar em "Aceitar", está a consentir a sua utilização.

Fechar