trainmaniac 16/05/2018

O Verão traz-nos um novo volume da Trainspotter, em papel. A primeira parte, publicada em Abril, versou sobre as origens da linha e a lente de Emílio Biel, que as registou, bem como a descrição do percurso, suas estações, os seus azulejos e até a história das placas giratórias.

Agora, no oitavo número impresso da Trainspotter exploramos com todos os detalhes as numerosas obras de arte desta linha, tão numerosas que o seu conjunto é o mais vasto entre as linhas portuguesas. Nas mais de 70 páginas apresentamos por isso todas as pontes e todos os túneis, muitos em lugares de inegável beleza paisagística e que permitem apresentar algumas fotografias inolvidáveis de belas composições ferroviárias. Nas principais obras de arte detalhamos ainda com especial afinco a sua história e características estruturais, procurando tornar este volume numa revista obrigatória também por este lado da engenharia ferroviária.

Como sempre, a venda é assegurada pela APAC – Associação Portuguesa dos Amigos dos Caminhos de Ferro, sendo os seus lucros orientados para os projetos de preservação e desde logo, atualmente, o restauro da automotora Nohab 0111 do Museu Nacional Ferroviário. A pré-venda iniciou-se entretanto e oferece o habitual preço promocional de 9,90€ e garantia de disponibilidade, estando em curso até 30 de Junho de 2018.

A revista pode ser comprada na loja online da APAC: https://www.caminhosdeferro.pt/loja/

Leave a comment.

Your email address will not be published. Required fields are marked*

Mostrar botões
Esconder botões