Como construir ferrovias no século XXI

Como construir ferrovias no século XXI

10/03/2020 0 Por trainmaniac

…. estava a brincar.

Duas imagens que valem mais do que mil palavras. Este é o projecto que o gestor de infraestruturas conseguiu preparar e o país (ou a UE) conseguiu pagar. A reposição da linha Covilhã – Guarda enquadra-se mais no restauro de património histórico – o traçado do século XIX – do que na categoria das linhas de comboio para o século que temos por diante.

Não há coincidências.

À saída da Covilhã, a recuperação da traça original da linha, com as suas bonitas curvas de reduzido raio, garantirá tempo suficiente para apreciar a paisagem.
Passada a Nacional 18, a linha segue paralela a um acesso rodoviário rectilíneo à auto-estrada. A linha descreve curvas cerradíssimas, mantendo escrupulosamente as curvas originais com apenas 300 metros de raio. 80 km/h e já será bom…