Etiqueta: Institucional

Autonomia de Gestão para a CP – o que (quase) ninguém diz

26 Fevereiro, 2024 0

Nos programas eleitorais parece ser óbvio que todos os partidos entendem que uma empresa, qualquer que seja a titularidade do seu capital, deve ter autonomia de gestão – no caso, a CP. Uma empresa é uma entidade colectiva abstracta, que por relações diversas (laborais, com clientes, com fornecedores, com accionistas) orquestra a resolução de problemas…

Por Joao Cunha

Onde bloqueiam as obras ferroviárias?

4 Abril, 2023 0

Neste texto corro alguns riscos de análise que habitualmente prefiro não correr, mas à falta de uma auditoria forense ao Ferrovia 2020, acho mais importante trazer a visão que tenho do que são os bloqueios para os planos de investimento que recorrentemente falham em prazos, em âmbito, em entrega… algum erro de análise será muito…

Por Joao Cunha

Greves – a ponta do icebergue

12 Junho, 2022 0

Após longo interregno, retomo os textos sobre operações de transportes. Com a Covid-19 para trás, volta a ser o momento do “business as usual” e de tratarmos de vida. Vivemos um período conturbado no sector ferroviário, com as greves a sucederem-se repetidamente, e não só de sindicatos afectos ao PCP, que ainda assim volta a…

Por Joao Cunha

2020, o fim da esperança

24 Fevereiro, 2020 2

Demasiados anos e demasiados erros culminam numa espécie de tudo ou nada que, para já, parece vir a saldar-se num nada. Num país com dramáticas dificuldades políticas para priorizar investimento público, muito menos rentável eleitoralmente do que a distribuição de benesses pela crescente fatia de dependentes do orçamento de Estado, os poucos investimentos que tendem…

Por Joao Cunha

40 anos de políticas ferroviárias em Portugal

26 Agosto, 2018 2

Depois da revolução de 1974, o modo ferroviário enfrentou um declínio acentuado em Portugal, fundamentalmente apoiado em duas motivações: o crescimento do automóvel e o desinvestimento generalizado. Naturalmente que a primeira destas motivações é compreensível num país que tinha chegado a 1974 com níveis de automobilização muito baixos e claramente longe da média europeia. A…

Por Joao Cunha