Ramal do Seixal vai ver passar… bicicletas e peões

O ramal do Seixal vai voltar a ter tráfego… mas de pessoas e bicicletas. O trajeto será candidato a fundos comunitários por parte das câmaras do Seixal e do Barreiro para financiarem a instalação de uma ponte no local onde existia a antiga ponte ferroviária – entretanto reutilizada como ponte rodoviária em Alcácer do Sal.

A ponte ruiu em 1969 após o choque de uma embarcação da Siderurgia Nacional e agora a reposição de um tabuleiro custará pelo menos 4 milhões de Euros. O trajeto será reservado a peões e bicicletas, não se materializando planos antigos de fazer passar ou o Metro do Sul do Tejo ou mesmo tráfego automóvel.

O principal objetivo é o aproveitamento turístico do percurso.