Talgo bate recorde de velocidade na Índia

Os caminhos de ferro indianos encontram-se há várias semanas a testar uma composição Talgo enviada de Espanha, com o intuito de avaliarem este tipo de material circulante como uma possibilidade para renovar a frota dos comboios mais rápidos do país.

A composição Talgo IV cedida pela Renfe está a ser rebocada nos ensaios por uma locomotiva diesel com 4500 hp de potência, entre Mathura e Palwal, onde esta semana estabeleceu um novo recorde de velocidade naquele país: 180 km/h. Nunca antes se tinha circulado tão rápido na Índia.

A composição com 9 carruagens está a servir como prova de conceito numa altura em que aquele país, fortemente dependente do transporte ferroviário, pretende melhorar substancialmente a qualidade de serviço e velocidades comerciais. O comboio foi ensaiado vazio e começará agora uma bateria de ensaios com carga (sacos de areia).

Os serviços dos caminhos de ferro indianos estão a recolher dados que possam permitir ao país fazer uma escolha adequada do material circulante para os objetivos a atingir e para já os comboios Talgo estão a merecer boas críticas, destancando-se o reduzido peso e consumo energético que possibilitam.