Renfe melhora compensações por atraso

A Renfe, operadora estatal Espanhola, anunciou hoje uma simplificação e amplificação das compensações por atrasos das circulações, por comparação com as normas que estavam em vigor. A empresa assinala que as alterações pretendem aproximar a Renfe dos normativos europeus sobre esta matéria, mantendo como ponto de honra compensações em caso de atraso muito mais significativas do que os limites inferiores previstos na regulamentação europeia.

A partir de agora, os tempos de referência para possibilitar compensações cifram-se em 15, 30, 60 e 90 minutos de atraso, ao passado que os escalões de compensação passam a ser de apenas 50% e 100% – significando por isso que, de acordo com o tipo de serviço, serão estabelecidos dois dos quatro patamares de referência que atribuirão direito a uma compensação de 50 ou 100% do valor pago pelo bilhete.

Além disso, as compensações deixam de ser atribuídas apenas para alguns motivos de atraso, passando a ser feitas independentemente deles.

Este compromisso com a qualidade de serviço tem sido uma das imagens de marca da Renfe em vários tipos de serviço, com destaque para o AVE. Com a nova política, as compensações por atraso passam a ser definidas conforme a tabela abaixo:

Tipo de Serviço Compensação de 50% Compensação de 100%
AVE Atraso > 15′ Atraso > 30′
Alvia, AV City e Euromed Atraso > 30′ Atraso > 60′
Altaria, Intercity, Talgo e Trenhotel Atraso > 60′ Atraso > 90′