Trainspotter III já disponível (Atualizada)

A Trainspotter III, edição impressa dedicada às locomotivas elétricas das séries 2500 e 2550, já começou a ser distribuída. Ao longo de 68 páginas, os leitores poderão encontrar uma resenha aprofundada da carreira destas locomotivas bem como dos mais relevantes aspectos técnicos. Fazemos ainda a ponte com os modelos H0 destas locomotivas, que acabam de…

Trainspotter III – Antevisão

A revista III da Trainspotter já está a ser impressa – em breve estará nas vossas mãos. Simultaneamente, a pré-venda termina dia 28, amanhã, último dia para desfrutar do preço promocional de 9,50€ – verifique na loja da APAC. Aproveitamos este momento para fazer uma breve antevisão da revista, para as quais contribuíram diversos autores…

Última semana de pré-venda da Trainspotter III

O mais recente número da Trainspotter III irá ser distribuída a partir de meados de Março e a pré-venda, com condições especiais, termina já no dia 28 de Fevereiro. A pré-venda pode ser acedida aqui: https://www.caminhosdeferro.pt/loja/categoria-produto/trainspotter-versao-impressa/ Durante o período de pré-venda a nova edição pode ser adquirida por apenas 9,50€, contra 13€ de preço normal de…

Trainspotter nº 078 – Fevereiro de 2017

Edição nº 078 O novo número da Trainspotter Online traz um novo menu recheado de pontos de interesse. O artigo em destaque é relativo à modernização da Linha do Oeste, um dos objetivos definidos a nível governamental para os próximos anos. Falamos ainda do programa mais geral de investimentos para a ferrovia, cujos anúncios têm…

Trainspotter nº 035 – Junho de 2013

Edição nº 035 Encontros de Modelismo Ferroviário. Memórias dos regionais Covilhã – Guarda. A linha de Lamego. Marrocos, ONCF DF-100, o ocaso de uma lenda. Comboios de cimento do Oeste. http://portugalferroviario.net/wordpress/wp-content/uploads/2015/11/2013-06.pdf

Trainspotter nº 021 – Abril de 2012

Edição nº 021 Viagem nas vias estreitas do Douro – a linha do Corgo. O passado dos horários do serviço Internacional, em 1992. Pela Beira Alta, em Março de 2007. Qual o futuro de Poceirão – Caia? http://portugalferroviario.net/wordpress/wp-content/uploads/2015/11/2012-04.pdf