pedroandre 20/01/2019

Edição nº 101

O futuro do antigo Ramal da Lousã está actualmente em jogo. Depois de vários anos volvidos com o projecto do Sistema de Mobilidade do Mondego paralisado, o actual Governo promete a reposição do serviço público de transporte através de um sistema do tipo BRT (Bus Rapid Transit) praticamente sem paralelo em Portugal, com a promessa de que o mesmo será igualmente eficaz e substancialmente mais barato relativamente ao antigo projecto do Metro Mondego. Nesta edição damos conta das principais novidades relativas à adaptação do anterior projecto a este novo sistema de transporte.

O último mês de 2018 ficou também marcado por outros marcos relevantes, nomeadamente a discussão em torno de uma eventual nova linha de caminho de ferro no Vale do Sousa e o anúncio do lançamento do concurso de material circulante para 22 novas unidades do serviço Regional para Janeiro. O João Cunha entra já inclusivamente em primeira mão nos aspectos técnicos que caracterizarão as novas unidades que deverão chegar a Portugal cerca de 20 anos depois da última aquisição de material circulante.

No habitual papel de livro de memórias que a Trainspotter desempenha, nesta edição olhamos ainda para uma peculiar série de vagões que outrora circularam na rede ferroviária nacional, dedicados ao transporte de gado vivo, e por fim para o que resta da antiga estação de Alvor na Linha do Algarve.

2019-01

Nota: para fazer download, utilizar o botão com uma seta para baixo no canto superior direito.

Leave a comment.

Your email address will not be published. Required fields are marked*

Mostrar botões
Esconder botões